Sem estoque Informe o seu e-mail e o notificaremos assim que o produto chegar em nosso estoque:


Enviar Cancelar
Out of stock!
Insira seu e-mail para ser informado quando este produto chegar:
Enviar Fechar
A Igreja e o mercado: Uma defesa católica da economia de livre mercado

A Igreja e o mercado: Uma defesa católica da economia de livre mercado

- Editora:  Vide Editorial
- Autor:  Thomas Woods
- Categorias: PROMO 700K / 25-40%
- Disponibilidade: Em estoque
R$ 69,90 R$ 52,43 (-25%)
Qtd:

Descrição

“Os princípios morais e a ciência econômica devem exercer papéis complementares. Por um lado, uma base moral segura pode nos ajudar a avaliar as instituições econômicas existentes à luz de princípios legítimos de justiça. Sem conhecimento econômico, por outro lado, o conselho do moralista pode revelar-se extremamente equivocado, destrutivo até”.

“Embora não haja dúvidas de que pensadores como Mises e Hayek fossem agnósticos, esse simples fato não faz com que sua compreensão da atuação humana deva ser ignorada ou desprezada. Assim como São Tomás de Aquino tomou por base o raciocínio filosófico do pagão Aristóteles, os católicos de hoje também podem lançar mão de uma vasta gama de fontes em sua tentativa de compreender o funcionamento da economia”.

“Ainda está sendo escrita a história de como os escolásticos espanhóis do século XVI anteviram o melhor da economia moderna, conseguindo mesmo evitar alguns dos erros em que Adam Smith teria incorrido no século XVIII”.

"Ao defender o mercado, não optei pela via relativamente mais fácil da crítica aos socialistas de esquerda que anseiam por uma utopia coletivista. Em vez disso, escolhi como meus principais contrastes aqueles católicos de direita que vêem a sociedade de mercado com desconfiança. Não são socialistas ou coletivistas, mas pessoas fiéis à Igreja que rejeitam a livre iniciativa e são favoráveis a uma vasta gama de intervenções no mercado. Elas geralmente defendem tais intervenções porque acreditam que o ensinamento da Igreja exige isso delas. Enquanto católico de crença ortodoxa como essas pessoas, sinto uma imensa afinidade com relação a elas, e é com suas preocupações em mente que formulei minha argumentação. Há décadas um grande número de católicos com formação em economia mostra-se preocupado e receoso de que os meios recomendados pelos papas não surtam os resultados pretendidos por eles e possam piorar ainda mais a condição dos trabalhadores e dos pobres".

"No entanto, ao mesmo tempo, tem-se a impressão de que expressar essas apreensões equivale a envolver-se em alguma espécie de desobediência aos ensinamentos da Igreja. É com esse difícil dilema que este livro busca lidar ao longo de sua defesa do mercado".

O Autor:

Thomas E. Woods Jr., PhD., é bacharel em história pela Universidade de Harvard, obteve pós-doutorado pela Columbia University e é membro sênior do Instituto Ludwig von Mises.



Ficha Técnica:

Número de Páginas: 352
Editora: Vide Editorial
Idioma: Português
ISBN: 9788595070622
Dimensões do Livro: 16 x 23 cm.